sexta-feira, 20 de junho de 2008

8.0 - Summer Ale

A idéia era fazer algo como uma English Summer Ale, desse modo acabei formulando uma receita tentando seguir os guidelines da BJCP para uma Hybrid Blond Ale (6B). O fermento apropriado para o estilo, de acordo com as guidelines seria um fermento inglês, como o único do tipo que tinha disponível era o S-04, acabou sendo a opção.


O lúpulo para o estilo é fácil, nas guidelines é dito que qualquer variedade pode ser usada. Então acabei usando só o Columbus, uma dose de amargor no início da fervura e outra dose pequena pra o mid-boil. Usei poucos ingredientes sem misturar muita coisa pra poder ajustar melhor a receita no futuo.

Eu gostei do resultado, produziu um suave e refrescante ester de melão. Foi fermentada na temperatura ambiente entre 18C e 20C.

Segue a receita pra 25L/70% eficiência:

Data da brassagem: 27/05/2008

5.2 Ph Stabilizer (água do mosto e lavagem)
3 Kg de Pilsen
1 Kg de Pale Ale
150g Carapils (Pra tentar ajudar na espuma)
200g açúcar mascavo
400g açúcar branco
12g Columbus fervido 50minutos
6g Columbus fervido 10 minutos
1/2 Whirlfloc tablet
1 pacote fermento S-04

Lembro que costumava ter um receio do uso de açúcar nas receitas, mas desde que usei pela primeira vez, gostei muito do resultado.

A brassagem foi planejada pra ser feita a 68C mas na prática ficou assim

00 min -> Mash In, depois de uns 4-5 minutos atingiu 68C
15 min -> 68C
30 min -> 65.5C (liguei o fogo e mexi pra subir nos 68C)
45 min -> 65C (liguei o fogo e mexi até o 67C)
60 min -> Início do mash out subindo a temperatura pra 75C

A gravidade final, acabou ficando um pouco acima do imaginado, 1.0052. Mas ainda sim dentro do estilo. A FG ficou em 1.0012. Ou seja, atenuação de 76%.

Deixei ela fermentando por 5 dias inteiros no fermentador primário, passando em seguida pra o secundário, onde esta foi deixada por mais 9 dias inteiros, e então fez-se o engarrafamento. Foi usado gelatina no pré-envase pra ajudar a limpar um pouco do fermento.

Demorou bem pra carbonatar, cerca de uns 25 dias. É bastante tempo... Mas a espera valeu apena.

Segue a foto do final da fervura, do que ficou no caldeirão após o resfriamento, esqueci de tirar uma foto do aspecto final da cerveja, depois posto...




terça-feira, 3 de junho de 2008

-.- Água Sanitária / Bleach

Ok, no último encontro da Acerva, não imagina, mas vi que bastante gente usa Água Sanitária com frequência no processo de higienização. Decidi então postar minhas notas a respeito de um pod cast da rádio Basic Brewing, na qual o fundador da Star San, Charlie Talley, fala sobre o assunto. Pra quem não sabe ele é considerado um expert dos EUA em higienização/sanitização. E também sempre dá entrevistas esclarecedoras para os diversos fóruns/sites sobre técnicas sanitárias.

Abaixo seguem minhas notas pessoais, observe que coloco o tempo, onde na entrevista da onde ele faz cada observação. Desse modo fica fácil pra acompanhar e rever as informações.


00:00

1 ounce = 29.57ml // arredondando 1 ounce = 30 ml.

Talley já desenvolveu muitos sanitizantes pra indústria de limpeza, trabalhando por muitos anos com a fabricação de Bleach(água sanitária).

09:55

AVISO: NUNCA MISTURE ÁGUA SANITÁRIA+VINAGRE DIRETAMENTE, ISSO GERA GASES TÓXICOS, QUE FARÃO VOCÊ PASSAR MUITO MAL!!! Sempre adicione os produtos na água, nunca um produto diretamente no outro.

12:54

- Quando se fala em água sanitária, o que realmente interessa é o cloro contido nela, pois esse é o sanitizante.

- A água sanitária não mata nada se o PH estiver errado. Esta só começa a matar as bactérias pra valer quando atinge um PH=8. Antes disso ela é bem alcalina, e seu poder de desinfecção bem fraco. Somente quando se baixa o PH pra pelo menos algo em torno de 8 que se têm o poder de desinfecção.

- Pra chegar nesse PH, Talley recomenda a adição de vinagre na água junto com a água sanitária a fim de baixar o PH. Porém se adicionado em excesso, também não é bom, pois as substâncias que fazem a desinfecção vira gás.

16:17 - Uma boa água sanitária têm uma coloração translucida com cor variante de amarelo pra verde.

17:39 - Regra pra se comprar Água Sanitária: Quanto mais barata, melhor. Pois têm outras substâncias como o "sodium hydroxide" adicionados a água sanitária que não servem muito bem ao propósito de desinfecção realizado pelo cloro.

18:32 - Fala pra comprar garrafas pequenas de água sanitária, e sempre as mais novas, pois a água sanitária se deteriora com o tempo...

19:00 - Todas águas sanitárias tem uma concentração de cerca de 5% (ou 5.25%) de cloro e começa a se degradar assim que sai do tanque da fábrica.

Tudo o que você precisa para a desinfecção é 1 ounce pra cada 5 gallons (30ml pra cada +-19 litros).

21:00 - Algumas pessoas não têm sucesso na desinfecção com água sanitária pois elas não "esfregam", limpam o equipamento o suficiente antes de fazer a desinfecção com água sanitária. E que a limpeza é chave pra uma desinfecção bem sucedida.

21:46 - Receita pra ser usada: 1 ounce de Bleach + 1 ounce de vinagre pra cada 5 gallons (30 ml de água sanitária + 30ml de vinagre pra cada cerca de 19.5 litros)

23:22 - Tempo de contato que se deve deixar equipamento imerso? Talley coloca que 30 segundos é o suficiente se você tiver o PH certo. Porém se este estiver errado, por mais que você deixa, não terá sucesso na desinfecção.

24:30 - Re-enfatiza importancia da limpeza pré desinfecção.

28:20 - Só então começa a falar do seu produto Star San.


video

Uma técnica para se medir os "30 ml. pra cerca de 19.5 litros", seria usar uma colher de sopa(tablespoon) de vinagre e água sanitária, para cada 10 litros, vez que 1 colher de sopa teoricamente deve conter 15ml. A única dúvida ao se fazer isso pra mim é se uma colher de sopa brasileira é igual a 1 colher "tablespoon" americana, que contém 15ml. Qualquer dia derrepente tiro a medida disso. He he.

Update
ps. Hoje em dia tenho usado mais o peracéptico por ser mais prático. Além disso a preocupação é menor, elimina o risco de usar água sanitária em excesso e passar o gosto pra cerveja. Também não correr o risco de manchar a roupa!! :-)