sábado, 13 de setembro de 2008

11.0 - Tarata

A idéia era tentar fazer uma explosão de sabor e estéreis, então foi feito uma receita usando o T-58. Única coisa "chata", foi a pouca quantidade produzida!! Só 8 Litros.

Fazer 8 litros, só 8 litros? Acho que não faço isso novamente. Muita pouca cerveja pra o mesmo trabalho de se fazer 20 ou 30 litros. Talvez fazer um mosto maior pra dividir em diferentes fermentadores? Até pode ser...

A eficiência nessa brassagem foi super baixa também - coisa de 66%. A receita calculada pra 12 litros finais ficou desse modo:

3KG Pilsen
200G Vienna
100G Carapils
150g Dark Brown Sugar
150g Corn Flakes
50g Oats (aveia)

6g Columbus (60 minutos)
13g Fuggle (15 minutos)
17g Saaz (1 minuto)

Fermento: T58

A idéia era ter uma OG mais forte, em torno de 1.064, mas esta acabou ficando em 1.058 devido à baixa eficiência. A brassagem foi feita a 66 graus por 1 hora. Ainda não foi engarrafado. Pelas contas do BeerTools, é pra ficar com cerca de 25IBUs de amargor.

Nesse lote testei usar como fermentador um garrafão de 10L de água Minalba que parece ter uma boca feita sob medida pra se encaixar um airlock. Depois pra o envase vou usar um sifãozinho pequeno que comprei na northernbrewer. Segue fotos de como fiz esse fermentador improvisado:



Data da brassagem: 28/06/2008?
Data do envase: 08/08/2008

Sobre a cerveja...

Eu gostei muito do resultado obtido, o aroma depois de coisa de uns 10 dias de engarrafada lembrava até uma Leffe. Porém.... não sei o que acontece, para infelicidade geral, parece que o aroma sumiu e foi substituído por um aroma de uva. :( - alguém sabe o que acontece!!!!!!?!

Segue a foto do aspecto final da TARATA!!





Nenhum comentário: